sOBRE Nós

Por que seguimos jesus?

Seria muito agradável poder afirmar que todos os que se dizem cristãos seguem a Cristo de verdade, porém, infelizmente, temos que lidar com o fato de que a maioria das pessoas não compreenderam ou não querem compreender o chamado de Jesus para que o sigamos. Seguir Jesus é um desafio diário, é um processo de renúncia, de desconstrução de si para ser edificado e reencontrado nEle, tornando-se como Ele, perdoando como Ele, e então, aceitando o seu convite: o de amar como Ele. 

 

Uma das características principais dos seguidores de Jesus é que eles estão em constante movimento, sempre em caminhada. Esse movimento nos coloca no caminho, e ao longo desta caminhada aprendemos a enxergar o outro como Cristo. E ao enxergar o outro, passamos a servir a Deus, servindo pessoas, passamos a amar a Deus, amando pessoas e desta forma vivemos o que Cristo veio edificar, a saber: sua igreja.

A igreja é o conjunto dos seguidores de Cristo, ela é conhecida por seus frutos e relaciona-se:

 

  • Profundamente com Deus, porque ora e se coloca diante de Deus, sem máscaras.

  • Com a palavra de Deus, porque a ouve e se deixa ser moldada.

  • Com o próximo, porque consegue olhar como Jesus olhou e amar como ele amou.

  • Com o mundo, porque ela reflete a luz e sinaliza os princípios de Cristo.

Para onde estamos indo?

O cristianismo se vive no caminho, através de um jeito novo de caminhar. Acreditamos que Cristo é o caminho, a verdade e a vida, por isso buscamos caminhar de acordo com seu exemplo, guardando em nossos corações seus mandamentos.

 

Como igreja local (gente que se reúne para compartilhar a experiência da vida em Cristo), buscamos ser participantes da missão transformadora de Deus na vida das pessoas, nos esforçamos para viver a nossa visão:  a palavra de Deus e os relacionamentos levados a sério.

Levar a palavra de Deus e os relacionamentos a sério exige de nós um compromisso intenso com o outro, uma disposição para renunciar, contribuir e agregar; tendo sempre em mente um profundo senso de pertencimento e coletividade, uma vez que o Pai é nosso, o pão é nosso e o reino vem a nós.

Embora sejamos um grupo pequeno, nossa expectativa é que ao longo desta caminhada, na constante busca de nos tornarmos semelhantes a ele, possamos manifestar os frutos de uma vida com Cristo, para então ser uma benção na vida de pessoas, levando a paz, o amor, o descanso e a esperança que somente aqueles que estão em Cristo podem experimentar.

Como surgiu nossa igreja local?

Em Setembro de 2003 um pequeno grupo de cristãos (não mais do que 10 pessoas) resolveu se reunir para decidir e planejar o início de uma reunião semanal de estudo bíblico. O objetivo era estudar a Bíblia com seriedade e profundidade, com uma visão crítica e sem compromissos outros que não fossem com a Palavra de Deus, num contexto onde pensar não fosse proibido, onde as tendências neopentecostais e o forte misticismo do momento histórico vivenciado pela comunidade evangélica brasileira não fossem percebidos.

As dificuldades iniciais foram logo sentidas pelos participantes daquele primeiro encontro: o que estudar, onde reunir, como fazer face às despesas iniciais decorrentes daquela iniciativa e outras mais. Graças a Deus, as repostas a estas perguntas foram logo sendo encontradas. Conseguiu-se um local (Colégio Promove Mangabeiras) e as reuniões começaram logo no sábado seguinte. As despesas de aluguel da sala utilizada eram custeadas pelos participantes e os estudos conduzidos por alguns irmãos que já despontavam como líderes. E o grupo crescia e se fortalecia a cada novo encontro.

Na busca de um local mais adequado, aproximadamente um mês após aquele encontro inicial, decidiu-se alugar o salão de eventos do Metropolitan Apart Hotel, à Av. Getúlio Vargas, onde o grupo se reuniu durante os meses seguintes. Cerca de 30 a 40 pessoas se reuniam todos os sábados, à noite, para participar de estudos sobre a igreja cristã. E, alicerçados nestes estudos, a decisão de se estabelecer uma nova igreja ia sendo amadurecida.

Reuniões da liderança já formada e eleita aconteciam todos os sábados a tarde. O forte vínculo existente entre os participantes e o Pastor Jaime Cisterna fazia com que não houvesse dúvida sobre quem viria a ser o primeiro pastor com dedicação integral, ainda que alicerçados na convicção da necessidade de se constituir uma liderança sob a forma de ministério colegiado, sem líderes absolutos.

Os preparativos para constituição da nova igreja avançavam, mas o nome a ser escolhido representava a maior dificuldade. Listas de nomes foram feitas com sugestões de todos os participantes do grupo. Entretanto, após diversas consultas às páginas amarelas e cartórios de registro para evitar-se a duplicidade, chegou-se, por exclusão, ao nome de Igreja Batista Mineira. Assim, no dia 01 de Fevereiro de 2004, foi realizada a assembléia de fundação com 51 membros fundadores.

Os primeiros cultos realizados aos domingos contavam com a presença de cerca de 80 pessoas. Com o crescimento a cada semana, logo foi necessária a busca de um novo local para as reuniões. No dia 29 de Fevereiro de 2004 a igreja passou a reunir-se à Rua Piauí 1045, na sede da Escola de Pais.

A Igreja Batista Mineira tem procurado, desde a sua fundação, valorizar o estudo criterioso e sistematizado da Bíblia, assim como enfatizar a importância dos relacionamentos com Deus e o próximo levados a sério. Ao mesmo tempo, manifestar a convicção de que a verdadeira vida cristã é possível somente quando o amor e a graça de Deus são valorizados acima das regras e vivenciados na comunhão cristã diária.

Estatuto e diretoria

Como organização religiosa, de caráter filantrópico, somos uma pessoa jurídica, inscrita sob um CNPJ que nos permite realizar livremente nossas reuniões e atividades religiosas, transações financeiras e prestar contas de todo o recurso que é arrecadado e utilizado em nossos projetos. Mensalmente enviamos os relatórios financeiros para contabilidade e a cada três meses realizamos a leitura de nosso relatório financeiro em assembleia, zelando pela transparência e melhor utilização de nossos recursos em prol do Reino de Deus.

Como pessoa jurídica somos regidos por um estatuto que tem o objetivo de regulamentar nosso funcionamento, traçando diretrizes de como devemos proceder em assembleias, prestação de contas e administração.

 

Hoje nossa diretoria conta com sete cargos, todos não remunerados, preenchidos pelos seguintes irmãos:

 

  • Presidente: João Paulo Santos Machado

  • 1º Vice Presidente: Adelson Damaceno Lobo

  • 2º Vice Presidente: Maria Stella Gásparo Magalhães

  • 1º Tesoureiro: Sebastião Alves de Araújo

  • 2º Tesoureiro: Márcia Dan de Andrade

  • 1º Secretário: Bárbara Chaves Oliveira

  • 2º Secretário: Flávia Abreu Lamounier

 

Igreja
Batista
MineirA

batistamineira@gmail.com

 

Rua Piauí, 1045 - Funcionários

Belo Horizonte / MG

CEP 30150-321

  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

@2019 - Site desenvolvido por JP | Designer