Buscar
  • Igreja Batista Mineira

Que semana... hein?


Com os avanços da pandemia ocorrida pela transmissão do novo COVID-19, vários levantamentos de noticiários e institutos de pesquisa apontam uma contaminação em massa, com números crescentes e expressivos de pessoas infectadas, e um significativo número de óbitos. O mundo inteiro reagiu energicamente frente ao vírus, cada país à sua forma e intensidade. Em especial, seguindo as orientações da OMS - Organização Mundial de Saúde, boa parte das autoridades dos países optaram pelo isolamento social.


Não somos especialistas, mas talvez a situação mais dramática enfrentada até o momento esteja se dando na Itália.


Profissionais da área da saúde exaustos física e emocionalmente. Estes receberam doações de tablets para que pudessem possibilitar aos seus pacientes o contato com familiares ou até mesmo para que pudessem se despedir. O número de mortos a cada 24h chegou a ser tão alto, que tiveram que utilizar comboios de caminhões para a cremação dos corpos, sem nem a possibilidade de um velório para seus familiares.


É extremamente triste, preocupante e angustiante o que o mundo viveu nesta semana.


E enquanto tudo isso acontece, me surgiu como pastor, sobretudo como ser humano, várias inquietações, as quais compartilho com vocês e por vocês:


E nós, o que estamos fazendo?


Como estamos vivendo nosso tempo, alienados, ou em compaixão junto aos que choram?


Será que temos descoberto a diferença entre aquilo que é urgente e aquilo que realmente é importante em nossa vida?


Como precisamos ressignificar nossas vidas? Nosso tempo? Nossas prioridades? Nossos relacionamentos?


Como lidar com a pausa e o que estamos aprendendo com este momento na história?


Estamos mais preocupados com nossas finanças do que com a nossa saúde e a daqueles que amamos?


Como viveremos???


Minhas inquietações são sinceras e eu as coloco diante do autor da vida. Acredito que muitos clamores e orações semelhantes a essas tem sido apresentados a Deus em todo o mundo nesse momento de crise.


Jesus já sabia que faríamos perguntas como essas...Fez questão de deixar sua resposta registrada no evangelho, e também nos devolve algumas perguntas.


Te convido a ler e responder comigo. Jesus te desafia a encarnar todas estas verdades que sobrepõem nosso contexto, em um simples convite ao evangelho.



"Portanto eu lhes digo: não se preocupem com suas próprias vidas, quanto ao que comer ou beber; nem com seus próprios corpos, quanto ao que vestir.


Não é a vida mais importante do que a comida, e o corpo mais importante do que a roupa?


Observem as aves do céu: não semeiam nem colhem nem armazenam em celeiros; contudo, o Pai celestial as alimenta. Não têm vocês muito mais valor do que elas?


Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?


"Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles.


Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, não vestirá muito mais a vocês, homens de pequena fé?


Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer?’ ou ‘que vamos beber?’ ou ‘que vamos vestir? pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas.


Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.


Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal".


Mateus 6:25-34



Se assim o disse Jesus, considere ressignificar sua vida.

Pois o amor: Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

Confiemos em Deus e vivamos em amor.


por João Paulo Santos Machado





137 visualizações
Igreja
Batista
MineirA

batistamineira@gmail.com

 

Rua Piauí, 1045 - Funcionários

Belo Horizonte / MG

CEP 30150-321

  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon

@2019 - Site desenvolvido por JP | Designer